Archive for outubro \31\UTC 2010

Ayê – Ludurana

Gostei dessa cor. Não é aquele goooooooostei, mas…gostei! Dá pra me entender?

Ahhhh ela é bonitinha, legal. Uma coisa meio roxo berinjela aguado, meio vinho, meio uva, meio nada a ver…

A cobertura é razoável, como todos os Luduranas que tenho, mancha na primeira camada e se salva na segunda, mas uma terceira teria sido bem vinda.

Achei meio chatinho de limpar, deixou a cutícula manchada, principalmente nos cantinhos.

Durou 2 dias sem lascar, mas como as unhas estão curtas, isso era de se esperar.

Depois de tê-lo tirado, tive a idéia de passar a cobertura transformadora da cor da Colorama (Reflexos Violetas), mas aí já era tarde. Como isso virou idéia fixa, vou, com certeza repetir esse esmalte em breve. 

Beijos 🙂

Anúncios

Chilli

Foto: cybercook2.terra.com.br

Essa é mais uma receita para meu futuro jantar mexicano.

Vamos à receita, com sugestão de medidas para 8 porções:
600 g de carne moída
2 latas de molho pronto
1 cebola picada
3 dentes de alho
100 g de bacon
sal à gosto
2 colheres de sopa de pimenta chilli (lá vou eu pra dedo de moça de novo)
1 Kg de feijão rajado
óleo de soja para refogar
Cozinhe o feijão e reserve. Numa panela aquecida e com óleo, refogue a carne moída e o bacon, acrescente a cebola e o alho e refogue mais um pouco. Coloque o feijão com o caldo do cozimento, acrescente o molho de tomate, o sal e a pimenta. Deixe engrossar, cozinhando lentamente em fogo baixo. Sirva em seguida.
Fala sério, deu água na boca né? Qui dilíça!!!!!
 
Alguém se anima a fazer? Não esqueça de me contar!
Beijos 🙂

Gabi, minha pequena princesa.

A Gabi é assim, não tem jeito. Unhas da mesma cor, nem pensar. Se “convenço” ela a usar a mesma cor tem que ter pelo menos um detalhe. Seja uma nail art, anelar diferente ou um adesivinho.

Normalmente não deixo ela usar cores vibrantes, mas como ela estava com catapora, toda amuadinha, e pediu pra passar só pra tirar foto, eu deixei . Ah sabe como é né… Quem tem filhos sabe, quando eles estão doentes fazemos de tudo por eles. E felizmente a Gabi entende, passou o esmalte, fotografou e foi logo tirando pra passar um clarinho.

E vocês, também dividem esses momentos com filha/sobrinha/afilhada/enteada/amiguinha?

Beijos 🙂

Tacos ou Buritos!

Foto: yummiefoodie.blogspot.com

Foto: maxi.rs

Mais uma receita ainda não testada, e que faz parte das minhas pesquisas para um futuro jantar Mexicano. Acredito que esta é bem simples e se parece muito com a panqueca, que pelo menos eu, estou acostumada a fazer.

Tacos e burritos são muito populares no México. O taco que conhecemos aqui, feito com uma massa frita e dura de milho recheada, é quase desconhecido no México. Lá, tacos são feitos com uma panqueca de milho macia e enrolada com um recheio de carne, frango ou porco.Tacos feitos com farinha de trigo ao invés de milho viram burritos! Algumas versões também incluem feijão marrom cozido no recheio.

Sem mais delongas, vamos ao que viemos!

Ingredientes – rendimento 4 porções
  • 400 g de carne magra moída
  • 1/2 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • sal e pimenta do reino à gosto
  • 200 g de feijão cozido
  • 1 pimenta jalapeño picada (vou trocar por pimenta dedo de moça)
  • 100 g de queijo prato ralado grosso
  • 4 discos de tortilhas compradas prontas (farei massa de panqueca)
  • 8 folhas de alface americana picada
  • 1 tomate fatiado

Modo de Preparo

Aqueça o óleo em uma panela, acrescente a carne e deixe fritar até ficar ligeiramente sequinha. Coloque a cebola, o alho, sal e pimenta. Misture bem e deixe cozinhar mais um pouco, até a cebola amolecer. Acrescente o feijão, bem escorrido, totalmente sem caldo e a pimenta. Desligue o fogo.

 Aqueça levemente as tortilhas para que fiquem mais maleáveis. Divida o recheio entre elas e enrole como uma panqueca, deixando a dobra para baixo. Coloque em uma travessa untada com óleo, cubra-as com o queijo prato e leve ao forno à 180º por cerca de 5 minutos. Sirva com a alface picada e as rodelas de tomate.

Agreste, Ludurana

Angel!!!! Esse é a sua cara!

Confesso que não usei! Passei apenas para ver a cor e aproveitei para tirar a foto.

Não gostei, mas também não desgostei. Pretendo usá-lo novamente com as unhas mais compridas. Se um dia elas crescerem de novo, porque o negócio aqui tá crítico!

Usei 3 camadas, mancha na primeira, se recupera na segunda e se salva na terceira. Ufa!

Apesar de ser cremoso, tem consistência de suave cobertura e afins. Achei que ele demorou pra secar, apesar de ter passado ele só pra teste não tirei imediatamente, tirei cerca de 1 hora e meia depois e estava todo marcado e ainda mole. Não sei se é característica dele ou dessa remessa específica, mas meu esmalte está com fundo esbranquiçado e tive que mexer muito para torná-lo homogêneo de novo. O mesmo acontece com algumas outras cores que tenho da Ludurana. e todos foram fabricados esse ano 😦

Beijos 🙂

Guacamole!

Foto: www.cocina.org

Essa será a primeira vez que posto uma receita que eu ainda não fiz. Há tempos estamos enrolando ensaiando para fazer um jantar mexicano aqui em casa. Decidi então que vou atrás das receitas, e todas que encontrar postarei aqui. Começo então minha pesquisa pelo universo da culinária Mexicana com o Guacamole.

Fiquem à vontade e sirvam-se!
De acordo com a Wikipédia, a Guacamole é basicamente um purê de abacate bem temperado e servido como um complemento da salada. O nome tem origem indígena, onde “guaca” significa testículo (por causa da forma do fruto) e “mole” é um nome genérico para molho.
Pesquisei várias receitas e aquela que considerei mais prática e “aparentemente” saborosa foi essa.

Ingredientes

  • 1 abacate amassado grosseiramente com o garfo 
  • 2 dentes de alho amassados
  • 2 tomates picados, sem pele e sem sementes
  • 1/2 cebola picado
  • coentro picado à gosto (acho que vou trocar por salsinha) 
  • cebolinha verde picada, à gosto 
  • pimenta malagueta à gosto (vou usar molho de pimenta) 
  • 4 colheres de sopa de suco de limão
  • sal à gosto 
  • 

Modo de preparo

Amasse o abacate, misture os demais ingredientes. Sirva com salgadinhos tipo Doritos, Ruffles ou torradas.

Se você tem uma outra receita e quer dividir comigo, deixe nos comentários ou envie e-mail para efeitocaseiro@gmail.com

Beijos 🙂

Angel PanVel

Não é segredo pra ninguém que tenho um carinho enorme pela PanVel, e também não escondo que além de considerar os produtos de ótima qualidade, gosto dela porque sempre me lembra a minha cidade. Hoje em dia até existem outras redes de farmácia, mas como ela foi, talvez ainda seja, a maior, era uma referência pra mim. Algo que me conectava com minha terrinha.

Mas…até eles erram.

Sendo crucificada ou não, vamos lá. Que cor horrorosa é essa? Pelamordedeus…que coisinha sem graça. As amantes de nude e afins que me perdoem, mas se é pra usar uma cor dessa é melhor não passar nada. Até unha com base aparece mais que ela.

Até mesmo nos nudes por aí, tem cores mais otimistas e alegres que essa. Hummm, tô aqui pensando será que as palavras nude e alegre podem dividir a mesma frase. Tõ achando meio antagônico. rsrsrsrsr

….pausa para as críticas….acho que vou bloquear os comentários para o bem de minha integridade visual, afinal sabe-se lá o que vou ler 😀

Quanto ao esmalte, ele cobre bem, mancha um pouco na primeira camada, mas se salva na segunda. Fácil de limpar e com um brilho discreto. Um topcoat seria bem vindo, ou, quem sabe um camada de Reflexos transformadores da cor rosa ou furta cor ou até mesmo o dourado.

Espero que tenham gostado

Beijos 🙂